Para o infinito e mais para o ar!

Amanhã às 6.25 parto para Paris e na próxima segunda começo uma aventura diferente de tudo o resto que já fiz até hoje.

Durante a semana passada já passei por um vasto leque de emoções, desde o porque raio é que vou fazer isto até ao isto é a melhor ideia de sempre e hoje quando acordei estava calmo. Quase apático. Como se tivesse interiorizado que esta aventura é uma necessidade e uma coisa tão normal como acordar de manhã e ir para a universidade.

Ontem decidi ir fazer trilhos na serra e pela primeira vez na vida cai numa descida (ao pé da barragem do rio da mula, para quem conhece), resultando numa bela esfoladela de todo o lado direito, em especial do braço. (Quando disse que acordei quase apático é verdade, mas a apatia degenerou quando decidi espetar halibut em cima da ferida aberta e isto me ardeu durante umas belas horas – boa Miguel).

Apesar disto tudo pronto para amanhã com entusiasmo! (e esperemos com energia depois deste voo de madrugada).

Ainda não parti e já são necessários alguns agradecimentos a quem me tem suportado na preparação desta aventura:

À minha família, que me suporta sempre e apesar de estarem super preocupados (especialmente com a parte do couchsurfing);

Ao meu Pai que mais uma vez vai madrugar e deixar-me no aeroporto às 5 da manhã;

À minha Mãe que me encorajou para fazer isto apesar de não estar nada descansada (não sei como consegue…);

Aos meus amigos Miguel Mendes (és um pão por organizar isto), Gonçalo, Mariana, Santos, Marta Verdugo, Sofia, Rodrigo, Filipa, Chico Frito, Souto, JP, Edu e André por se terem juntado e contribuído para a aquisição de uns pedais, porta-bagagens e saco para o guiador para este viagem;

Marta Luís, que anda a receber encomendas e mapas e ainda me vai aturar 5 dias e pedalar os primeiros km comigo;

Mariana Prieto pelas feiras da bagageira que bastante contribuíram para o budget desta viagem, e Karolina pela ajuda com planos de treino, zonas cardíacas e o sensor;

A malta da esgrima pelo encorajamento e suporte: Manel Lima, pela ajuda preciosa na procura da bicicleta e da logística de juntar o material em Paris, Pedro Arede e João Cordeiro por me levarem o equipamento que não posso levar;

Morna e Lino, amigos de longa data e que, como parte da SystemsGroup (http://www.systems-group.org/ ) trataram da aquisição do domínio e do alojamento do site no www.anengineeronabike.com!

 

Malas feitas, tudo pronto, agora é dormir umas horinhas e amanhã partir pronto para fazer o máximo desta aventura!

 

Pedindo emprestada a frase do meu amigo Nuno Frazão:

 

Em Guarda. Prontos? Pedalar!

 

Vemo-nos na estrada!

Miguel Dias

 

(tomorrow I’ll translate when I get bored at the airport)

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s